Notícias

início / Notícias

De grão em grão, o campo enche o PIB

De grão em grão, o campo enche o PIB

O agronegócio possui grande importância na economia brasileira, representando quase ¼ do PIB nacional. Em 2017 houve recorde na participação agro no PIB, com 23,5% do total, após um crescimento de 12,5% do setor.

Já em 2018, o PIB agrícola se manteve estável, com um crescimento de 4,60% no ramo agrícola e queda de 10,91% no ramo da pecuária, devido a problemas com o mercado externo.

Para 2019, as projeções do Ipea mostram um crescimento de 0,6% para o setor agropecuária. A previsão é de alta de 0,1% para a lavoura e 3% para a pecuária, havendo, nos três primeiros meses o ano, um avanço de 2,4% em relação ao mesmo período de 2018.


Brasil pode ultrapassar EUA na produção de soja

O Departamento de Agricultura Norte-Americano (USDA) previu para o ano que 2019 que o Brasil poderá ultrapassar os Estados Unidos na produção de soja.

As estimativas de produção da oleaginosa no Brasil são de 123 milhões de toneladas, um novo recorde, enquanto que no país norte-americano são esperados uma safra de 112,95 milhões de toneladas, 8,7% menor do que na safra de 2018/2019.

O Estados Unidos está lidando com estoques elevados de grãos, em meio a uma disputa comercial com a China que reduziu os embarques norte-americanos, especialmente a soja. Com as grandes safras globais, o grão atingiu seu preço mínimo em mais de uma década na bolsa de Chicago.

Assim, o Brasil exportaria 75 milhões de toneladas de soja em 19/20, mantendo seu posto como maior exportador de soja do mundo, à frente dos EUA que exportaria 75 milhões de toneladas no mesmo período.

Estimativa de crescimento no VBP

O VBP (Valor Bruto da Produção Agropecuária) estimado para 2019 é de R$ 602,8, com acréscimo real de 1,1% em relação a 2018.A lavoura teve ligeira queda, com faturamento de R4 398,8 bilhões, enquanto a pecuária teve um acréscimo de 4,36% em relação ao ano passado, com faturamento de R$ 204 bilhões.

Os produtos com maior destaque são  o algodão, amendoim, banana, bata inglesa, feijão, laranja, mamona, milho, tomate e trigo. A pecuária também tem obtido bons resultados em carne bovina, suína e frango, devido a melhora do mercado internacional.  

O agronegócio impulsiona o PIB

É incontestável a importância do agronegócio para o economia brasileira, o que está refletido no PIB. Correspondendo a quase 25% do PIB brasileiro, o setor também o responsável por quase metade das exportações e por cerca de 1/3 dos empregos no país.

E com as previsões de crescimento na produção agrícola, esse número só tem a aumentar!

E a MCL acompanha os produtores no avanço e crescimento pessoal e do país.